segunda-feira, 12 de abril de 2021

Os Trânsitos do Céu de Abril de 2021

Marte em Gêmeos se prepara para formar um trígono com Júpiter em Aquário. Este é um aspecto que simboliza a expansão do calor e da secura. Marte está em hemisfério oposto ao dos cronocratas, Júpiter e Saturno, circunstância esta que lhe concede maior liberdade de ação.

Mercúrio se aproxima de sua conjunção superior e passará do oriente para o ocidente. Vai para o mesmo hemisfério de Marte. Em Áries, Mercúrio se aplica por sextil ao astro guerreiro. Recepção mútua envolvida, pois o planeta mensageiro está em dos domicílios de Marte - Áries - e o pequeno maléfico ocupa um dos domicílios de Mercúrio - Gêmeos. Cooperação entre os significadores e representação de astúcia e estratégia eficazes.

Também colocado em Áries, o Sol formará um sextil com Júpiter e com Marte. O aspecto com Júpiter pode envolver demonstrações exageradas de orgulho e poder. A configuração com Marte, que envolve recepção, fomenta o calor, a secura, o poder e a assertividade. De todo o modo, as duas conexões solares ajudam a promover a expansão ou a ação das propriedades quentes e secas.

A expansão do calor e da secura, representada pelo trígono que será formado por Marte e Júpiter, indica a possibilidade de aumento de movimentos militares. O aspecto de sextil com recepção envolvendo Mercúrio e Marte, com a troca de hemisfério do astro mensageiro, ratifica esta possibilidade. Tais configurações também não são boas, momentaneamente, para o curso da pandemia.

Em breve, alguns movimentos bons. Júpiter fará o seu primeiro ingresso do ano no seu domicílio noturno, em Peixes. Tal evento ocorrerá no próximo mês. Vênus já formou a sua conjunção superior e, aos poucos, se livra da combustão e da condição de planeta exilado. Sai de Áries e vai para Touro. Troca o exílio pelo seu domicílio. Boas notícias envolvendo temas femininos, harmonização afetiva, conforto e mitigação das dores.





segunda-feira, 29 de março de 2021

Consultas Astrológicas e Contatos Profissionais

Boa noite leitores! Agradeço a todos que estão acompanhando o meu trabalho aqui no site. No início deste ano, ultrapassamos a marca de 50.000 visualizações. São visitantes do Brasil, Estados Unidos, Portugal, dentre outros países espalhados por todos os continentes.

Aproveito este momento para disponibilizar a vocês os meus contatos profissionais, nas diversas redes sociais e plataformas que atuo. Realizo consultas astrológicas horárias, natais e eletivas, oferecendo uma série de opções de interpretações de mapas astrológicos e previsões, atendendo as mais diversas necessidades dos clientes.




E-mail: dinhoastrologo@hotmail.com

No Facebook: https://www.facebook.com/dinhoastrologiatradicional

No Instagram: https://www.instagram.com/dinhoastrologiatradicional

No Youtube: https://www.youtube.com/c/DinhoAstrologiaTradicional

sábado, 27 de março de 2021

Os Tempos de Saturno em Domicílio e os Trânsitos de Júpiter - Perspectivas Durante a Pandemia

Para quem estuda Astrologia Tradicional há algum tempo, não é novidade de que os trânsitos ocupam uma posição pouco destacada em termos de previsões na arte. Entretanto, o movimento dos astros, em especial dos planetas mais lentos, pode auxiliar a revelar algumas nuances dos momentos que estamos vivenciando.

Quando a pandemia começou – e os trânsitos jamais explicam ela – observamos a seguinte configuração. Júpiter havia ingressado em Capricórnio há pouco tempo, deixando o seu principal domicílio e ocupando o local de sua queda. Nesta morada, foi sitiado por Marte e Saturno, ambos detentores de elevadas dignidades celestes.

A conjunção Marte-Saturno de 31 de março de 2020, em Aquário, deu a abertura para o “boom” inicial da pandemia. Em dezembro de 2020, Júpiter sai de Capricórnio e ingressa em Aquário. A Grande Conjunção, que marcou a troca definitiva de triplicidade das uniões entre Júpiter e Saturno, da terra para o ar, ocorre no primeiro grau de Aquário.

As primeiras vacinas são aplicadas, novos imunizantes são apresentados e homologados. A doença segue forte como nunca. Todavia, agora temos esperança em novas armas. Antes não tínhamos praticamente nada.

Em maio de 2021, Júpiter fará o seu primeiro ingresso no signo de Peixes, que é um dos seus locais de domicílio. Assim permanecerá até julho, quando retrogradará para o signo de Aquário novamente. O ingresso definitivo em Peixes ocorre no final de dezembro de 2021 e assim o grande benéfico permanecerá durante o primeiro semestre de 2022. Percebam que o estado celeste de Júpiter vem melhorando desde 2020. Saiu de sua queda e foi para a sua triplicidade. Sairá de sua triplicidade e ingressará em seu domicílio.

Os tempos de Júpiter em Peixes podem muito bem representar o “boom” da imunização. É o grande benéfico em um signo de água e domiciliado. Este Júpiter passará pela casa XII da carta de ingresso solar em Áries levantada para o Brasil, formando conjunção com Mercúrio, senhor da casa VI. Indica – e estamos falando apenas dos trânsitos – melhora e saneamento para questões sanitárias e hospitalares.

Este céu, com Júpiter em Peixes, muito bem pode representar a virada da humanidade sobre a pandemia. O almejado início do fim. Mas o trabalho precisa ser bem feito. Aquário, um signo humano, está em foco e ainda continuará. Em abril de 2022 teremos outra conjunção Marte-Saturno em Aquário. Não há margem para erros.


Zeus vs Cronos

quinta-feira, 25 de março de 2021

O Novo Bloqueio do Canal de Suez - Eclipse e Ingresso Solar na Cidade do Cairo

Ontem, ao assistir os noticiários, chamou muito a minha atenção o inédito encalhamento do navio cargueiro de imensas dimensões no canal de Suez, localizado no Egito. Este atalho marítimo permite a comunicação dos mares Mediterrâneo e Vermelho, sendo considerado uma crucial rota para o comércio mundial.

Os trânsitos muito pouco ajudam a explicar o ocorrido, de modo isolado. O céu do dia do evento trazia uma quadratura partil entre Mercúrio e Marte, com o astro mensageiro e significador de comunicação e comércio, colocado no signo de Peixes, local de seu detrimento e queda. Marte e Saturno estavam unidos por trígono e a Lua se aplicava por oposição ao grande maléfico, Todavia, isso tudo vale para o mundo inteiro, e apenas um evento de grandes proporções ocorreu.

O eclipse do dia 21 de junho de 2020 atingiu grande parte dos continentes africano e asiático. O Egito foi escurecido por parte da sombra da ocultação do Sol. A carta levantada para a cidade do Cairo, capital egípcia, apresenta os dois luminares na casa XI. Ptolomeu indica que os eventos mais importantes relacionados a este eclipse ocorreriam no primeiro ano de vigência do fenômeno. Tal eclipse solsticial ocorreu no primeiro grau de Câncer, um signo de água.


Carta do Eclipse Solar de 21/06/2020 - Cidade do Cairo, Egito.

A duração do eclipse para o Egito foi de aproximadamente duas horas, o que nos leva a dois anos de influência relacionada a este eclipse solar para a região. Colocado entre o ascendente e o meio do céu, o local de ocultação do luminar diurno sugere uma porção temporal menor do que um ano até os seus maiores efeitos.

Observando a carta de ingresso solar em Áries em 2021 para a cidade do Cairo, se nota o signo de Câncer no ascendente, muito próximo ao local do eclipse de 21 de junho de 2020. Mercúrio em Peixes aparece na casa IX, se aplicando por quadratura a Marte, colocado na casa XII. Há aqui uma indicação de acidentes em viagens, na água.


Carta do Ingresso Solar em Áries em 2021 - Cidade do Cairo, Egito.


Na carta do eclipse, Marte aparecia em Peixes, na casa VIII e regendo a IX. O local de Marte no tema de ocultação dos luminares corresponde ao meio do céu da carta do ingresso solar em Áries de 2021 para Cairo. Padrões e repetições, interessantes do estudo clássico da Astrologia.

No vídeo que gravei sobre tal eclipse solar em 2020, alertei sobre a relação ptolomaica entre o signo de Câncer e o norte da África. Também falei das possibilidades de eventos e acidentes no mar. Este vídeo vocês podem encontrar em meu canal, Dinho Astrologia Tradicional, no Youtube.

segunda-feira, 22 de março de 2021

O Ingresso Solar em Áries em 2021

No último sábado, às 06h37min, pelo horário de Brasília, ocorreu o ingresso anual do Sol no signo de Áries. A carta apresenta o ascendente na morada diurna e cardinal de Marte. Isto denota que os demais ingressos solares, solsticiais e equinociais, deverão ser analisados ao longo do ano.

O Sol aparece conjunto ao ângulo ascendente. Com dignidade maior de exaltação neste local e angular, o luminar diurno pode ser tomado como o senhor do período. A condição do Sol é boa para o país. Também é fortalecedora aos governantes, pois o Sol é um significador essencial de reis e autoridades. Marte, senhor do ascendente, contempla o Sol através de um sextil e o recebe, ratificando as boas indicações para o país e seu governo.

William Ramesey, em sua obra “Astrology Restored”, no livro que versa especialmente sobre a Astrologia Mundial, afirma que o Sol, quando é o senhor do ano e está forte e digno no tema de ingresso, pressagia aumento de poder e glória para os reis, bem como, prosperidade ao povo. Afortunado e livre dos maus aspectos de Marte e Saturno, o Sol indica fortuna para as pessoas, principalmente às ricas e poderosas.

Pensando no pesado contexto da pandemia, afirmei nas redes sociais há alguns dias que a carta de ingresso solar em Áries deste ano é bem mais promissora do que a sua antecessora, que esteve bastante conectada com a deflagração da grande crise sanitária mundial. Em 2020, tínhamos uma carta com o ascendente em Capricórnio, com os três planetas superiores na primeira casa. Os dois planetas maléficos essenciais, Marte e Saturno, estavam colocados em suas fortalezas e sitiando Júpiter, mergulhado no signo da sua humilhação. Marte era o senhor do período.

Mercúrio é o planeta regente da casa VI, que versa sobre as enfermidades em geral. O astro mensageiro aparece em Peixes, na casa XII. Está fraco e não aflige o senhor do período. Marte rege a casa VIII, que fala da mortalidade populacional, e aparece na casa III, em Gêmeos, com estrela fixa Aldebaran e com a Cabeça do Dragão.

O pequeno maléfico está cadente e, apesar de fortificado pelo contato com uma estrela fixa marcial e o nodo norte, forma um bom aspecto com o senhor do ano, recebendo-o em seu domicílio. Saturno, que é um significador essencial de mortalidade e idosos, aparece na afortunada casa XI, em uma carta diurna e no signo de sua alegria e poder. Não existem milagres quando falamos de uma crise sanitária como esta. Todavia, as indicações astrológicas acenam para uma melhora perceptível nos próximos meses.


Carta do Ingresso Solar em Áries em 2021, dia 20 de março, às 06h37min, Brasília-DF.

Saturno é o planeta regente da casa X e, ao lado do Sol, fala do governo durante o período. Ambos estão fortes e dignificados. Saturno está colocado na casa XI, a qual também governa. Aqui há uma grande afinidade entre os poderes Executivo e Legislativo. Claramente parece que o Presidente muito bem controla o que acontece nas Casas Legislativas.

Júpiter, planeta regente da casa IX, fala sobre o Poder Judiciário. O grande benéfico está na casa XI, em Aquário e à disposição de Saturno. A convergência entre Executivo e Legislativo é bastante clara durante o período. O Judiciário é controlado ou limitado em suas ações pelos outros dois poderes. Em artigo anterior, falei da ativação que Marte formará ao eclipse solar de dezembro de 2020. Pode representar dissabores ao governo, envolvendo a justiça. Porém, com a análise crítica desta carta de ingresso, me parece provável que o Executivo saia mais forte de uma eventual crise mais severa que se apresente.

Ramesey também discorre sobre as colocações de Júpiter e Saturno, quando os dois cronocratas são ocupantes da décima primeira casa do tema de ingresso. Como estão bem dispostos, em uma carta diurna, indicam a realização de ambições e esperanças. Representando o dinheiro do governo, a casa XI, a qual abriga o senhor da décima casa e Júpiter, pode indicar o Poder Executivo com maior capacidade de investimentos.

A economia é representada essencialmente por Júpiter e pelo senhor da casa II, que é Vênus. A menor fortuna está exaltada no signo de Peixes, na casa XII. Vênus está prestes a deixar um signo que lhe concede elevada dignidade e adentrar um dos seus locais de exílio, em Áries, tornando-se combusta. Esta configuração pode representar dinheiro sendo consumido, muitos gastos públicos.

A casa III aparece bastante destacada no tema de ingresso, abrigando Marte, que é o planeta regente do ascendente, a Lua, a Cabeça do Dragão e a Parte da Fortuna. A colocação do luminar noturno com o nodo norte e a Fortuna, se aplicando a Júpiter através de um trígono, é benéfico e afortunado para a população, em especial, às mulheres. Boas decisões judiciais podem contemplá-las.

A posição do planeta regente do ascendente e da Lua na casa III mostram foco nos temas desta morada durante os próximos meses. Esta casa fala sobre os meios de comunicação, como emissoras de televisão, jornais e internet. Também trata de redes de tráfego e locomoção, como rodovias e ferrovias. Marte fortificado nesta casa pode indicar algum acidente importante ou de grande comoção nacional. O período tende a ser bastante movimentado no que concerne à atuação da imprensa. Questões ocultas e maliciosas podem ser divulgadas. Mercúrio se aplica a Marte através de uma quadratura, a partir da casa XII.

Estas são as minhas palavras sobre o ingresso solar em Áries deste ano para o Brasil. Vislumbro um pouco de esperança diante de um futuro que urge por saúde, estabilidade politica e prosperidade econômica. Para o bem de todos nós. Até breve leitores!